Tag Archives: comunidade

Segredo do sucesso do Aniversário CEJUG 2009: colaboração

Colaboração é a palavra chave do sucesso da realização de mais um evento do CEJUG: Aniversário CEJUG 2009. Tivemos três semanas para organizar e realizar o evento, contando com o apoio incondicional do René Araújo, Paulo Jr., Thiago Sá, Francisco Barroso e Gregory Fontenele. Sem o apoio dessa tropa de elite nós (Silveira Neto e Hildeberto – coordenadores) não teríamos realizado esse evento totalmente gratuito.

dsc08227

René, Thiago, Gregory, Barroso e Paulo Jr.

Tivemos durante os dois períodos do dia um total de 300 pessoas que desfrutaram de muito conteúdo técnico, brindes e alegria. Fazia muito tempo que eu queria realizar um evento no Ceará que tivesse uma grade repleta de nomes conhecidos da comunidade Java e ágil do Brasil. Só que desta vez consegui realizar, tendo como braço direito (e não gostando da idéia de realizar um evento com poucos dias de organização) o Silveira. 🙂

dsc08034

Silveira Neto e sua agenda (ou seria uma bíblia?) na abertura do evento

Bruno Pereira abriu o evento com a palestra O caminho da produtividade para desenvolvedores web, onde falou do leque de opções e ferramentas para ter sucesso no desenvolvimento web. Logo após, Régis Melo comentou sobre as experiências da sua empresa no desenvolvimento de uma aplicação nas plataformas JEE e JME, rodando em diversas línguas e em vários países. Victor Oliveira apresentou a última palestra da manhã com o tema O mito dos times ágeis, falando um pouco da sua experiência liderando times utilizando Scrum.

Na parte da tarde os conterrâneos Tarso Bessa e Rafael Ponte (que palestraram na mesma semana no JustJava) falaram sobre Os 10 maus hábitos dos desenvolvedores JSF. Essa palestra dispensa comentários pois os palestrantes são, sem dúvida nenhuma, as principais referências de JSF no Ceará. Logo em seguida, Jeveaux falou com excelência sobre Lucene, Solr e Hibernate Search, mostrando conceitos e códigos dessas poderosas ferramentas que podem aumentar rapidamente a performance das aplicações. Logo após, Rodrigo Yoshima palestrou sobre O que matou o RUP pode matar o Agile. O mais interessante dessa palestra foi ver a cara de espanto dos participantes, pensando que ele iria anunciar a morte do agile. Para finalizar o evento com chave de ouro, Paulo Silveira esbanjou talento e fenótipo de palestrante profissional ministrando a palestra Desmistificando o TDD na prática, mostrando muito código ao vivo, com participação do público e do Rafael Ponte (que foi praticamente obrigado pelos participantes a comparecer no palco para programar).

A realização dessa grande festa só foi possível – além do apoio dos membros citados no primeiro parágrafo – através das empresas que sempre acreditam no CEJUG: FA7, Caelum, Concrete Solutions, USIX Technology e Sun Microsystems. Também tivem os apoio das empresas Oktiva, Sagarana Tech, Novatec e Java Magazine.

Membros da organização do evento entregando cestas de lembranças do Ceará para os palestrantes

Membros da organização do evento entregando cestas de lembranças do Ceará para os palestrantes

Participantes

Participantes

Confira as apresentações, fotos e vídeos na página do evento. Até o próximo!

Aniversário do CEJUG 2009

Este ano iremos realizar pela segunda vez consecutiva o evento Aniversário do CEJUG. No ano passado contamos com a participação de uma palestra internacional com o Kohsuke Kawaguchi (developer do Hudson e Glassfish) e duas palestras nacionais com Maurício Leal e Bruno Pereira.

Para o evento deste ano aumentamos a programação e teremos sete palestras, com a presença do Paulo Silveira, Rodrigo Yoshima, Jeveaux, Bruno Pereira, Tarso Bessa, Rafael Ponte, Régis Melo e Victor Oliveira. São cinco palestrantes nacionais e três palestrantes de Fortaleza. Iremos fazer uma grande festa, com palestras altamente técnicas e diversos brindes!

Veja os diversos temas das palestras:

tagcloud

Como podemos notar na nuvem de tags acima, teremos vários assuntos do momento como TDD, agilidade, frameworks web e muito Java! Isso tudo para informar e ajudar a melhorar os conhecimentos dos desenvolvedores de software do Ceará.   O profissional antenado e preocupado em se reciclar deve participar desse evento, até porque é totalmente gratuito. Faça já a sua inscrição, é totalmente gratuito!

Desde o ano passado que o CEJUG vem realizando diversos eventos e este ano não poderíamos deixar de realizar uma grande festa para comemorar mais um ano de vida do grupo. Gostaria de agradecer o apoio das empresas que sempre vem acreditando no CEJUG, como a FA7 (local do evento), Concrete Solutions, Caelum, USIX e Sun Microsystems.

Para finalizar o dia, continuaremos a comemoração no Forró do Sítio (quero ver os paulistas, cariocas e capixabas dançando forró, 🙂 ) e todos estão convidados para se divertirem conosco!

Finalmente: PortalJava em Java e de cara nova!

Primeiro foi a migração do fórum para o JForum em fevereiro e agora dois presentes no mês de maio: PortalJava rodando em Java e totalmente de cara nova! 🙂

Como já foi comentado antes nesse blog, a partir de hoje não irei escutar piadas do tipo: “Um site sobre Java rodando em PHP (risadinhas irônicas aqui)?”.

Veja o que há de novo:

portaljava-de-cara-nova.jpg

portaljava-em-java.jpg

Por que este Portal é feito em PHP e não em Java?

Hoje eu estava lendo as notícias que os membros do PortalJava enviam e, dentre elas, vi a notícia abaixo:

Não seria uma incoerência o PORTALJAVA.COM desprezar o JSP em prol do PHP. Minha intenção não é desprezar uma tecnologia em detrimento de outra. Ao contrário, tenho apenas o intento de sugerir a possibilidade de implementar este portal através da tecnologia JAVA, isto é, através da tecnologia trabalhada e divulgada neste espaço. Gosto muito deste portal, reconheço a qualidade do conteúdo e competência da equipe, mas porque não JSP?… Porque não buscar mais coerência, sobretudo, entre o que se fala e o que se faz?

Estou colocando sem a permissão do autor, porém ao enviar essa mensagem ele não colocou o seu nome ou e-mail, então não tive como contactá-lo.

Já ouvi isso em diversos lugares, tais como: fórum, faculdades, empresas, eventos e até em momentos que não tem nada a ver com Java.

Por que o PortalJava é em PHP? Pelo simples motivo de tempo, pois na época os colaboradores não tinham tempo para construir o site do portal em Java, então optaram pelo PHP-Nuke, que já tinha tudo pronto, inclusive o fórum.

Foram vários tópicos criados, muitas discussões sobre esse assunto, até que este ano, conseguimos migrar o fórum para o JForum, que é feito em Java.

O próximo passo será migrar o site para Java, e para isso estamos concluindo o JNuke, que é um CMS criado pelo fundador do PortalJava, Franklin Samir.

Se você quiser aprender Java, aprender os melhores frameworks do mercado e ainda por cima gostar de participar de projetos open souce, não fique de fora do JNuke.

Termino este post pedindo um pouco de paciência para os amantes do PortalJava que não suportam ver a extensão .php no final das páginas do site, em breve isso terá fim.