Tag Archives: boas práticas

Como escolher um framework web no IV EJES

No dia 17 de outubro participei do IV EJES como palestrante, falando sobre como escolher o melhor framework web. Esse assunto é bastante complexo e requer uma análise bastante analítica, que espero fazer em forma de post em breve.

[slideshare id=2259115&doc=comoescolherframeworkweb-rafaelcarneiro-091017171600-phpapp02]

O evento foi sensacional, deu para conhecer muitas pessoas legais como o Makoto, Júnior, Gabriel, Vitor, André e vários outros. Fica um agradecimento especial ao Jeveaux, organizador do evento e JUG Leader do ESJUG, pela organização do evento e também pela hospitalidade. Foi uma excelente oportunidade também para reencontrar alguns amigos como o Paulo Silveira, Leonardo Hackin e a Loiane.

Parâmetros no EJB QL

Utilizando o objeto PreparedStatement do JDBC, você configura os parâmetros da sua consulta SQL da seguinte maneira:

PreparedStatement stmt = seuObjetoConnection.

            prepareStatement("select * from user where idade = ? and nome = ?");

stmt.setInt(1,idade);

stmt.setString(2,nome);

Existem duas maneiras de configurar parâmetros para consultas na EJB QL: identificados e posicionais.

Identificados

Query query = entityManager.

  createQuery("from User u where u.idade =:idade and u.nome =:nome");query.setParameter("idade",idade);

query.setParameter("nome",nome);

Posicionais

Query query = entityManager.

  createQuery("from User u where u.idade =?1 and u.nome =?2");query.setParameter(1,idade);

query.setParameter(2,nome);

As diferenças entre parâmetros identificados e posicionais:

  • identificados: :nome_Do_Parametro
  • posicionais: ?numero_Do_Parametro

Pensem bem antes de escrever

Todos já estão carecas de saber que a internet, além de ter sido uma revolução na informática, é também uma arma. É uma arma no quesito informação, pois, diariamente, milhares de informações são distribuídas pela rede até mesmo antes de sair em jornais e noticiários. Tais conteúdos também podem prejudicar pessoas poderosas e até mesmo torná-las famosas.

Leitor: Mas o que o texto acima tem a ver com o propósito desse blog?

R.: Atualmente, o blog é uma das principais armas de informação na internet. A blogosfera já sofreu acusações, ameaças e até possíveis problemas na justiça. Eu conheço pessoas que já passaram por isso.

Leitor: Mas onde você quer chegar com essa ladainha toda?

R.: Que pensem muito antes de escrever algo na internet, em revistas, livros, agendas, relatórios, mesas, árvores, cadeiras, paredes, túmulos e até mesmo no corpo.

Leitor: Está de sacanagem comigo? Me fazendo ler essa besteira toda e ainda não entrou no que interessa?

R.: Ontem, li um artigo sobre POO (Programação Orientada a Objetos) em uma revista de tecnologia e tive a conclusão de que o autor foi infeliz em expor suas opiniões. Ele não citou nem explicou as principais características da orientação a objetos e em todo o artigo o autor simplesmente fugiu do foco.

Estou sendo radical em apontar erros somente no autor. Quando algum artigo de sua autoria é publicado em alguma revista, deve ser porque o mesmo passou pelas seguintes fases: proposta, análise e correção.

Explicando as fases

Proposta

Você envia a sua proposta, que pode ser um artigo, uma série de artigos ou até mesmo uma nota rápida (coluna, participação especial, etc.). Esta será analisada pela editora, a qual verificará o propósito, a importância e a necessidade do tema.

Análise

Nesse passo a sua proposta já foi aceita e será analisada por profissionais técnicos da editora, que irão corrigir seus erros gramaticais, semânticos e técnicos.

Correção

As correções são, então, enviadas para o autor, que deverá corrigir o artigo e reenviá-lo para a editora.

obs.: Como nunca trabalhei numa editora e nem conheço o processo de diagramação, correção e fechamento, acredito que existam mais passos fora estes.

Conclusão

Você deve consultar livros, a internet e profissionais da área para se certificar que está indo pelo caminho certo. Não achou em livros e na internet? Seja humilde e peça ajuda aos seus amigos. Somente publique artigos se tiver a certeza de que aquilo que está sendo dito está correto.