Category Archives: gerência

Quer aprender Subversion?

Para quem não sabe, Subversion (conhecido popularmente como SVN) é o sistema de controle de versões mais utilizado nos projetos de desenvolvimento de software.

Retirei alguns links de artigos, exemplos e alguns ebooks da lista de discussão do CEJUG.

Links

Excelente post sobre Agilidade

O Phillip Calçado escreveu um post excelente sobre Agilidade, vale a pena ler. Parte do post que mais me identifiquei: “Nossa equipe não exige a priori nenhuma restrição de horário, trabalhamos com pessoas que criam software e soluções, não com recepcionistas que precisam atender o telefone.”

Concordo com esse trecho do post do Phillip, as empresas precisam deixar de serem antiquadas e feudais, precisam pensar em transmitir e gerar conforto e felicidade para seus funcionários. Veja o comentário que deixei nesse post.

Me ajude a lembrar: Scrum, XP, RUP, CMM, MPS.br…. esqueci de mais alguma metodologia?

Ao elaborar um projeto, tem-se um dilema: qual metodologia seguir? São tantas que temos de analisar qual irá atender melhor ao projeto. Por que resolvi criar um post com esse assunto? Tem certeza que você não sabe? Ora, atualmente está na moda dizer por aí que você faz parte de um projeto que utiliza uma metodologia ágil, seja qualquer uma delas, essa é a verdade. A maioria das empresas que não adotaram esse tipo de abordagem de gerência de projeto estão incluindo-a em seus escopos.

Segundo o pai dos burros (o dicionário), metodologia significa: subdivisão da lógica que estuda os métodos técnicos e científicos; ou ainda melhor: conjunto de regras para o ensino de uma ciência ou arte;

Eu acredito que focar na mão-de-obra, tornando-a capacitada e produtiva, ainda é melhor do que fazer com que passem por um conjunto de regras para poderem fazer algo. Então vamos consultar no dicionário o significado de outra palavra muito utilizada junto com metodologia: ágil. Segundo ele (o dicionário), a palavra ágil significa: leve, ligeiro. Logo, o termo metodologia ágil não seria para tornar o desenvolvimento mais rápido, mais produtivo? O Scrum está com esse pensamento, você pode ver nesse artigo da Caelum, nesse livro gratuito e também nessa palestra.

Não sou contra metodologias ágeis e nem estou fazendo propaganda para não utilizá-las em projetos, apenas quis enfatizar no parágrafo acima que é importante pensar muito antes de querer incluir alguma metodologia em um projeto. Claro que é bom para a empresa, colocar uma metodologia em seus projetos, estampar no peito e mostrar para os clientes que utiliza uma metodologia X, Y ou Z. Mas o importante mesmo é: entregar o projeto do jeito que o cliente pediu e no tempo que ele pediu.

Na minha pouca experiência profissional já vi casos de empresas que utilizam essas metodologias concluirem bem um projeto, mas em outros casos vi projetos atrasados e com clientes insatisfeitos. Mas será que a culpa é da metodologia ou será que a forma como foi aplicada não foi correta? Estou participando de um projeto que não utiliza nenhuma dessas metodologias citadas e ele está indo muito bem.

Não vou ser o primeiro, nem o segundo e muito menos o terceiro a falar sobre esse assunto. O grande lance é: fique atento ao mercado. Se o mercado exige que você conheça pelo menos uma dessas metodologias, então aprenda, o que importa é isso. Ou, se você for um daqueles que gosta de ler sempre, compre alguns livros e se atualize antes mesmo do mercado exigir.


A Importância da Gerência de Configuração

Acredito que a grande maioria das empresas desconhecem ou não estão atentas à importância do papel do gerente de configuração para os projetos. Esses profissionais se encontram principalmente em empresas que possuem ou almejam o modelo CMMI.

Já participei de projetos que não existiam esses profissionais e vi que a dificuldade é imensa. Assim como é importante nos projetos possuírem programadores, analistas de sistemas e de testes, arquitetos, gerentes e etc, também é muito importante ter um gerente de configuração, pois o mesmo possui um grande conhecimento e experiência sobre as ferramentas de controle de mudanças (JIRA, Mantis, Bugzilla e etc) e versões (CVS, Subversion, Tortoise, Winmerge e etc).

A presença desse profissional agilizará várias etapas nos processos do projeto. Essa área possui uma grande carência de profissionais qualificados, então é uma boa para aqueles que estão em dúvida em que ramo partir na área de T.I.

Links interessantes sobre Gerência de Configuração:

http://www.pronus.eng.br/artigos_tutoriais/gerencia_configuracao/gerencia_configuracao.php
http://www.cin.ufpe.br/~gfn/qualidade/gc.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Ger%C3%AAncia_de_Configura%C3%A7%C3%A3o_de_Software