Monthly Archives: October 2007

Comentários do Café com Tapioca de outubro: Anatomia do JSF

No último sábado (27/10/07), aconteceu o Café com Tapioca de outubro com o tema Anatomia JSF – JavaServer Faces, já anunciado neste blog e também nos blogs do Christiano Milfont, Handerson Frota e Rafael Ponte.

Gostaria de agradecer aos membros do CEJUG por terem comparecido ao evento e permitir com que o Rafael Ponte passasse todo o seu conhecimento de JavaServer Faces para a comunidade. O evento contou com a presença de 87 pessoas, das quais vivenciaram momentos de descontração, conteúdo técnico e sorteios. A faculdade Lourenço Filho nos proporcionou um excelente coffee break, bem variado e contendo muito café e tapioca.

Queria agradecer também o apoio do coordenador da faculdade, George Gomes, do Handerson Frota, Christiano Milfont, Emanoel Tadeu e de vários membros do CEJUG que me ajudaram de toda forma no evento. É assim que uma comunidade funciona, todos apoiando.

Rafael Ponte soube passar tudo sobre JSF de uma forma clara e sucinta, sem deixar vestígios de dúvidas para os presentes.

Vídeo

[youtube:http://www.youtube.com/watch?v=5qladX7GxlI]

Fotos

milfont-carneiro-handerson.jpg
Christiano Milfont, eu e Handerson Frota

Posts relacionados em outros blogs:

Como obter os objetos HttpServletRequest e HttpServletResponse no Struts2

Tenho visto em fóruns pessoas com dificuldade em obter os objetos HttpServletRequest e HttpServletResponse utilizando o Struts2. A action do Struts2 é um POJO e não possui acoplamento e dependência com os objetos dos containers. Mas o framework disponibiliza algumas classes que fornecem esses objetos. A classe ServletActionContext é uma delas, então vamos aos códigos.

Código:

//imports e definição da classe

HttpServletRequest request = ServletActionContext.getRequest(); //obtendo o objeto HttpServletRequest

HttpServletResponse response = ServletActionContext.getResponse(); //obtendo o objeto HttpServletResponse

O Struts2 disponiliza ainda outras formas de obter alguns objetos comuns da especificação Servlet, como a classe ActionContext, que fornece métodos que retornam o contexto da aplicação, mapa da sessão, etc.

Até a próxima!

Presença confirmada no III Natal Java Day

Confirmei a minha presença no III Natal Java Day que acontecerá no dia 17 de novembro em Natal. Acredito que o evento será excelente, pois contará com presenças ilustres como Christiano Milfont (CEJUG) , Daniel deOliveira (JUG Leader do DFJUG e líder do projeto JEDI no Brasil), Egdar Silva (Red Hat) e Maurício Linhares (moderador do GUJ e coordenador do PBJUG).

O CEJUG marcará presença também com os membros Handerson Frota, Rafael Ponte e René Araújo.

Aguardem comentários sobre o evento. Até lá! 🙂

Estudos para a SCBCD iniciados

Hoje começarei meus estudos para a certificação Sun Certified Business Component Developer 5 da Sun. Irei fazer a nova versão que trata sobre EJB 3.0 e JPA.

Material de estudo:

Nos fóruns você encontrará depoimentos de quem já fez a prova, bem como dicas e macetes. Muita gente estudou para essa prova cerca de 2 meses, com 2 horas por dia. Provavelmente irei fazê-la em dezembro, por conta da faculdade e do trabalho.

Espero postar diariamente sobre os estudos, expondo as principais características da tecnologia.

Conhecendo mais o CEJUG

logo.jpgParticipo do Grupo de Usuários Java do Ceará (CEJUG), onde atuo como coordenador do evento técnico Café com Tapioca. O grupo já está com cinco anos de vida e com mais de 600 membros cadastrados na lista de discussão. No início deste ano foi lançado o novo site, feito com o Confluence.

O carro-chefe do grupo é a lista de discussão. É por meio dela que os membros se conhecem, tiram suas dúvidas, aumentam seu conhecimento e ficam por dentro das novidades do mundo java. O CEJUG também tem projetos open source, como o CEJUG Classifieds e footprint.

O novo site deu uma nova vida ao grupo, permitindo uma integração maior com seus membros. É através dele que o CEJUG os mantém informados sobre as novidades da tecnologia Java e do mundo da programação, disponibilizando informações diversas como cursos, palestras, workshops, artigos, tutoriais, dicas, links de blogueiros da comunidade, etc.

Atualmente existem três programas nos quais, em minha humilde opinião, são de grande importância para a comunidade Java cearense. São eles : Aprenda Java, CEJUG Certified e Café com Tapioca. Abaixo irei explicá-los melhor.

Aprenda Java

O Aprenda Java é um ambiente onde o estudante ou profissional encontra uma variedade de informações. São links informando os melhores livros para aprender a plataforma Java, obter certificações, ficar ciente das novidades e buscar apoio na internet. Também conta com tutoriais e artigos enviados pelos membros, exercícios, roteiros de como ser um bom desenvolvedor java e muito mais.

CEJUG Certified

Foi lançado este mês e trata de um programa de certificações que visa beneficiar estudantes que estão desempregados. As empresas de tecnologia que são visionárias e que estão atentas ao mercado fornecem uma quantidade determinada de vouchers para o CEJUG oferecer aos membros. Os estudantes interessados obtêm as certificações e recebem o reembolso do CEJUG, através do patrocínio das empresas. Eles irão receber o reembolso diretamente na empresa, onde terão oportunidade de falar pessoalmente com os gestores e quem sabe, conseguir seu primeiro emprego ou estágio.

Café com Tapioca

É o evento técnico mensal do CEJUG que aborda temas ligados a tecnologia Java. Esse nome tem a cara do Ceará, pois a tapioca é uma comida típica bastante conhecida e apreciada no Estado. Recebi o convite em junho deste ano pelo Felipe Gaúcho para ser coordenador deste evento. O último evento aconteceu em março e desde julho estamos realizando todos os meses. É um evento técnico que ocorre, na maioria de suas vezes, em forma de palestras, fornecendo aos membros da comunidade um leque de informações sobre o que está acontecendo de mais moderno no Java. Também acontece anualmente o CEJUG Tech Day, evento que ocorre no período do Sun Tech Days, com um dia inteiro de palestras locais e conta com a presença de palestrantes internacionais e nacionais.

O CEJUG é composto por membros que ajudam aos próximos, comparecem aos eventos para prestigiar os colegas, apóiam nas decisões, alimentam a lista de discussão diariamente e além de tudo conta com um time de profissionais altamente qualificados.

Os coordenadores são pessoas que não ganham ajuda financeira para gerenciá-lo e nem medem esforços em apoiar o grupo, mesmo estando em outras regiões do mundo e até gastando do próprio bolso.

A comunidade Java cearense está mais forte do que nunca! Junte-se a nós!